terça-feira, 24 de junho de 2008


História do Beija-flor


Há muito e muito tempo, um dia começou um incêndio na floresta…

Ninguém sabia como, porque ou quem era o responsável, o facto é que o fogo foi alastrando-se com tal velocidade e potência que tornou-se incontrolável.

Ao longe, via-se a terrível nuvem negra avançando fortemente sobre a floresta. Ainda mais forte era o clamor dos animais, empurrando-se e até agredindo-se, descontrolados diante o apocalíptico espectáculo que testemunhavam:


” Salve-se quem puder!!! É o fogo, é o fim, estamos perdidos !!!”


Ainda mais irados ficaram, quando no meio do caos, viram o Beija-flor.

O pequeno pássaro a voar até o rio, colhia uma gotinha de água em seu biquinho, e ia pingá-la sobre aquele imenso fogo. Uma após outra, sem parar…

Até que, incontido, um dos bichos gritou:


”Seu pequeno pássaro! Você acha que essa gotinha vai apagar o fogo? Será que é tão imbecil? Voa embora, com essas asas que você tem! Salve-se! É o fim!!!”


Suavemente, o humilde pássaro respondeu:


”Eu estou a fazer a minha parte! Se cada um de nós, formos até ao rio, e colhermos um pouco de água, vamos apagar o fogo e salvar nosso lar.”


Retirado daqui

1 comentário:

Rose Diniz® disse...

Passei pra desejar uma semana de alegria e desejar toda sorte de bênçãos sobre sua vida

Acabei de atualizar os blogs com novas postagens

Beijos docinhos