sábado, 30 de agosto de 2008


"Quero dar-te a coisa mais pequenina
que houver

bago de arroz grão de areia semente
de linho
suspiro de pássaro pedra de sal
som de regato

a coisa mais pequena do mundo

a sombra do meu nome

o peso do meu coração na tua pele."


Rosa Lobato de Faria

terça-feira, 19 de agosto de 2008

Ler para bebés: experimente!


Estudos recentes mostram que os bebés recém-nascidos, com apenas alguns dias, são receptivos à leitura. A investigação evidencia também uma associação positiva entre a leitura aos mais novos, logo desde cedo na infância e, mais tarde, um bom desempenho escolar das crianças.

As vantagens são muitas: a leitura cria uma ligação entre os pais e o bebé, promovendo também a aquisição de capacidades linguísticas e de escrita. Os sons e ritmos das histórias contadas e encenadas são importantes e reconfortantes para os bebés.

Através da leitura os mais novos têm acesso a um mundo de experiências, ajudando-os a serem leitores assíduos mais tarde.

Comece nos primeiros dias de vida: uma leitura breve, de apenas alguns minutos, estabelecendo uma rotina diária. O tempo de leitura poderá aumentar em função da maior capacidade de concentração da criança.

E ler onde? Ler quando? Não importa o local, ou a altura do dia: de manhã, à tarde, antes da sesta ou ao anoitecer… no consultório, à espera do pediatra, no jardim mas, sobretudo, em casa. Comente as imagens e, mais tarde, faça perguntas sobre o texto e as ilustrações.

Mesmo quando não existe um livro por perto poderá “improvisar” com a leitura de um excerto de um jornal ou enumerar os itens a lista de compras da semana.

Os livros cartonados com folhas robustas (para que mais novos possam começar uma nova actividade: folhear) poderão ser o ponto de partida para as primeiras histórias; depois, em livros de todas as dimensões e texturas (e alguns até com cheiro) as palavras e frases vão-se tornando mais densas e complexas à medida que aumenta a atenção…

As bibliotecas são um excelente recurso para os pais: nelas encontram não só uma grande variedade de livros, especialmente dedicados aos mais novos, bem como especialistas (os bibliotecários(as)) que os poderão aconselhar. Para além disso, ao longo do ano as bibliotecas organizam várias iniciativas de promoção da leitura, em alguns casos dirigidas em exclusivo a famílias. Também algumas livrarias dispõem de espaços onde os mais novos podem experimentar os livros.

Em casa, num quarto ou na sala, uma pequena biblioteca destinada apenas aos livros infantis poderá começar a ser construída mesmo antes do nascimento do bebé. Experimente, comunique e partilhe emoções através da leitura… aos bebés!



retirado daqui


segunda-feira, 18 de agosto de 2008

Pedagogia Waldorf

Introdução

A pedagogia Waldorf procura passar o conhecimento às crianças, primeiro através da experiência e só depois através do conceito. Os seus objectivos são: dar liberdade; criar entusiasmo, encanto e reverência pela aprendizagem; respeitar a criança como ser pensante e artístico e mais tarde, actuante; dar tempo e espaço suficientes para aprender sem competição e sem pressas.

Crianças WaldorfA pedagogia Waldorf permite proteger a infância para que esta possa ser plenamente vivida e respeitar cada criança como indivíduo, ajudando-o a desenvolver as suas capacidades únicas e a encontrar formas de se integrar e participar numa sociedade saudável.

Crianças WaldorfA pedagogia Waldorf é considerada o maior movimento pedagógico independente do mundo. Existem actualmente mais de 730 escolas livres espalhadas por mais de 50 países. Em muitos países como por exemplo Austrália, Canadá, Dinamarca, Holanda, Rússia, Suécia, estas escolas são subsidiadas pelo próprio Estado.

A abordagem multi-cultural, o amor à diversidade e uma forte consciência global, fazem com que este método pedagógico tenha obtido o reconhecimento da UNESCO.

Workshops

  • Pedagogia Waldorf - A Arte de Educar

    Com este Workshop pretende-se sensibilizar os participantes (pais, educadores, professores) para a corrente pedagógica Waldorf e o seu contributo para a formação integral do ser humano.

    Este workshop é organizado pela Oficina Didáctica, Lisboa. Por favor ver links para mais informações e datas para os próximos cursos.

  • A importância dos Contos de Fadas

    Ogres, dragões, bruxas, encantamentos, anões e a fada princesa todos vivendo entre “Era uma vez…” e “…viveram felizes para sempre.”. É um tempo sem tempo, um espaço sem espaço: é a dimensão do imaginário.

    A primeira coisa que sabemos acerca dos Contos de Fadas é a sua origem no início dos tempos. Tal como os mitos, são universais, com personagens e enredos semelhantes nas diferentes culturas.

    A criança identifica-se com os personagens, agora mais com um e mais tarde com outro. Os personagens têm determinadas tarefas ou provas para ultrapassar: tal como a própria criança. Os contos tocam profundamente o mais íntimo da criança, contribuindo para o aumento da auto-confiança à medida que vai crescendo para a vida.

    Os contos, inicialmente com origem na tradição oral, ainda conservam hoje o maravilhoso poder da palavra e por isso contar um conto é tanto uma aventura para o narrador como para quem o escuta:dizer a palavra certa no momento exacto, é honrar um conto, é aprendê-lo e vivê-lo,evocando as suas imagens .

    À medida que a criança vai escutando a história, ela tem total liberdade para ir construindo as suas próprias imagens, usando a sua imaginação para preencher todos os conteúdos. Este processo criativo é individual e é fundamental para a formação saudável e harmoniosa da criança. Aqui ela não está limitada às imagens estereotipadas tal como acontece num filme.

    Este workshop é organizado pela Oficina Didáctica, Lisboa. Por favor ver links para mais informações e datas para os próximos cursos.

  • Para uma melhor compreensão dos brinquedos

    As lojas estão cheias de belos e variados brinquedos. As bonecas têm a cara cheia de pormenores e apresentam expressões definidas e detalhadas. São efectuados grandes investimentos na confecção dos brinquedos utilizando tecnologia de ponta, o design é cuidadosamente estudado e elaborado por criativos especializados. Uma indústria poderosa cria os brinquedos que circulam nas mãos das nossas crianças. Mas serão esses mesmos brinquedos bons para as crianças?

    Um dos materiais mais utilizado na confecção dos brinquedos é o plástico. O plástico é resultado da tecnologia moderna: versátil, servindo importantes funções nos automóveis, nas casas, nos hospitais e até no espaço.

    A madeira é diferente: como poderemos descrevê-la? Se a criança tiver um cavalo de madeira ou de plástico nas suas mãos fará isso alguma diferença?

    As crianças são fascinadas pela electrónica e pelos brinquedos computorizados. Vivemos numa época de revolução nos sistemas de entretenimento. Mas será que as crianças beneficiam com isso? Conhecendo e compreendendo o desenvolvimento da criança, quais os critérios que devemos ter em conta para fazer as melhores escolhas para elas?

    Hoje em dia somos confrontados com imensas escolhas e cada vez mais cedo.

    As próprias crianças são confrontadas com exaustivas escolhas para as quais não estão ainda preparadas. E nós? Pais e educadores, estamos nós preparados para fazer essas escolhas pelas nossas crianças?

    Estas são questões de importância vital. Se realmente queremos que as nossas crianças cresçam de forma saudável, no sentido de virem a ser adultos conscientes, felizes e intervenientes, teremos de ser nós, pais, educadores, amigos, a encontrar as respostas para elas.

    Método: através de demonstrações, observações práticas, exercícios artísticos e de aspectos pedagógicos relacionados com o tema.

    Este workshop é organizado pela Oficina Didáctica, Lisboa. Por favor ver links para mais informações e datas para os próximos cursos.

  • Trabalhar com blocos de cera no Jardim de Infância Waldorf

    Um tema particularmente interessante para pessoas ligados ao trabalho do Jardim de Infância Waldorf.

    Método: Uma sequência de exercícios usando estes blocos, dá uma base para um estudo mais aprofundado de ilustração de contos de fadas, do desenho infantil e dos aspectos pedagógicos no trabalho artístico com crianças.


Retirado daqui

Prémio em Férias


Olhem só este cartão tão especial...que a Monica, do Blog Ilustraciones Infantiles
ofereceu ao Jardim!
Obrigado amiga, pelo cartão e pelas tuas visitas e comentários no Jardim!
Bom...o que eu não compraria...he!he!he!
É melhor nem pensar...

Vou oferecer este cartão às seguintes colegas:


Moika
Paula
Rute
Ana
Fadaluz
Sílvia

Um beijinho enorme para todas, boas férias e bom início de ano lectivo!
Ah...já me esquecia!

Boas Compras!
he!he!he!



quarta-feira, 6 de agosto de 2008

Olá Amigos e Amigas!

Quero agradecer o vosso carinho, todos os prémios e selinhos (tantos!), tantas nomeações e mensagens carinhosas...
O Jardim está cada vez mais florido, de tantos miminhos vossos!
Perdoem-me se algumas vezes não retribuo, nomeando, mas não tenho tido tempo nenhum disponível...pois quero aproveitá-lo ao máximo para estar com o meu filhote!
Assim sendo, muitos beijinhos para todos, muitas flores perfumadas e muita, muita, ALEGRIA nos vossos Corações!!


Recados e Imagens - Obrigado - Orkut

Recados, Gifs e Imagens no Glimboo.com

domingo, 3 de agosto de 2008