domingo, 8 de julho de 2007


Sótão

Se abro a porta
do sótão
o que posso encontrar
no baú da avó?
Vestidos de renda —
futuras tendas!
Leque espanhol —
raios de sol!
Velha gravata —
tapa-olho de pirata!
Desbotado castiçal —
perna de pau!
O sótão da avó é o
castelo dos perigos
mais bem vividos
da minha imaginação!

Alzira Chagas Carpigiani

1 comentário:

Tânia Regina disse...

Olá
Meu nome é Tânia sou professora de Arte e tirei a noite para visitar blogs. Estou dando início a minha vida de blogger. (Nem sei se é assim que se fala)
Adorei a poesia "Sotão", é que na verdade é com isso que trabalho, com um "Baú Mágico", que me remete a idéias de Baú da Vovó.
Venha me conhecer
www.baumagico.blogger.com.br

Tânia Regina